InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seConectar-se
Compartilhe | 
 

 Ela vai ser meu!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Melanie Kaulitz
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 760
Idade : 23
Localização : Portugal
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Depende dos dias
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Seg Out 26, 2009 9:43 pm

[center]Neste momento sabes o que me apetece fazer? Ò.ó

[color=#000000]Espancar o Tom >
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://o-diario-dos-disparates.blogs.sapo.pt
Lady S.
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 426
Idade : 29
Localização : Natal - RN
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Sarcástico. Me adicionem no MSN, eu não mordo .-.
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 30/11/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Ter Out 27, 2009 8:34 pm

TOM PARVO :@
Eu não o amo mais, ele não é querido
E essa Jéssica, vou matá-la Òó
Vamos flor, continua! AMO tua fic!
Kuss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sofi-diary.blogs.sapo.pt/
Tania
Curios@
Curios@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 40
Idade : 24
Localização : Humanoid city ;)
Emprego/lazer : estudante
Humor : irónica
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 07/09/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Ter Out 27, 2009 11:19 pm

Devo dizer que a tua fic é um espetaculo... mesmo.

Adoro-a
tenho pena é do billy
o tom é tão estupido!!!

qando postas mais??!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Caaaah
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qua Out 28, 2009 7:07 pm

Meus Deus
Continua :O
Voltar ao Topo Ir em baixo
-Rita K.
Curios@
Curios@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 18
Idade : 26
Localização : Casa
Emprego/lazer : Pseudo estudante
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 17/02/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qua Out 28, 2009 11:19 pm

Adoro a tua fic ^^
Stupid Tom

Continua pf!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
.
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Sab Out 31, 2009 2:55 am

continua... por favor!
Voltar ao Topo Ir em baixo
racquel
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 421
Idade : 23
Localização : No quarto do Tom xD Me procura lá que vc acha xD
Emprego/lazer : só estudo num faço mais nada inda bem *O*
Humor : bom...sou calma, até alguem chegar e me irritar ù.ú
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 27/06/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Dom Nov 01, 2009 3:40 am

- Tom? - Éricka, madrasta de Tom, viu o
garoto subir rapidamente as escadas que davam em direção ao seu quarto.
Ouviu a porta ser aberta e logo depois fechada com força.

- Ué? Por que ele chegou mais cedo? Será que está passando mal?

- Amor, o que foi esse barulho?- Gordon, que antes estava na sala,
entrava na cozinha, vendo a esposa arrumando tudo, perguntou-lhe.

- Nosso baby chegou mais cedo. Parece não estar muito bem.- Disse preocupado.

- Deve ser algo relacionado à alguma garota.- Suspirou.

- Será que ele tentou agarrar um travesti por engano, outra vez?

- Ele não seria capaz de cometer esse erro de novo.

- Vou lá falar com ele.- Não esperou resposta do marido, subiu direto ao quarto.

- Posso entrar, querido?- Perguntou, enquanto batia na porta.

- Mãe? Tá, entra.- Disse desanimado.

- Oras, o que aconteceu, baby?- Entrou rapidamente e se ajoelhou na frente do maior.

- Não quero falar sobre isso...- Abaixou a cabeça.

- Oh! Querido! Você, por engano, não tentou comer um travesti, não é?

- Credo! Nem me lembre disso! Não, não tentei.- Disse, fazendo cara de nojo.

- Algo com alguma menina?

- Não...

- Você se apaixonou?- Não obteve resposta. Considerou aquilo como um
"sim".- Se está sentindo esse sentimento tão lindo, por que não a tráz
para cá?

- Ahhhhhh! Mãe!- Deitou de bruços e afundou a cara no travesseiro.

- Vou deixar você pensando.- Saiu do quarto e fechou a porta.


- O que ele tinha?- Gordon perguntou, enquanto via sua mulher descendo as escadas.

- Ele está apaixonado.- Sorriu.

- Ué? Se ele está assim já deveria ter trazido ela pra cá e estariam trancados no quarto.

- É exatamente esse o problema.- Sentou ao lado do marido, no sofá.
Gordon olhou-a esperando uma continuação- Ele não deve estar apaixonado
por uma menina. Se fosse isso, já estariam aos beijos se comendo no
quarto.- Riu.

- Está querendo me dizer que ele se apaixonou por um garoto?

- Bom, eu tenho duas ideias aqui na minha cabeça.

- Diga.

- Ou ele se apaixonou por um andrógino, e achou que ele fosse mulher;
Ou ele se apaixonou por um homem mais másculo que ele e está com medo de ser passivo.

Gordon riu.

- Bom, não me importa se ele está apaixonado por um homem ou não. Só
quero que ele deixe de frescura e perceba que se trancando no quarto
não vai mudar seus sentimentos, apenas vai perder tempo de estar com
quem gosta.- Disse Gordon.

- Sim. Mas ele também pode estar com falta de sexo.- Disse pensativa.

- Meu filho? Não.- Gordon disse, convencido.

- Como pode ter tanta certeza?- Olhiu o marido.

- Simples, oras. Ele é meu filho.- Sorriu.- Puxou tudo de mim.- Chegava
perto da mulher.- E agora vou lhe mostrar um terço do que um Trumper
pode fazer- Carregou a mulher até o seu quarto e se trancaram. Jogou
ela na cama enquanto riam.

- Ele pode ouvir.- Éricka riu.

- Nós somos obrigados a ouvir os barulhos dele.- Beijou ela.- Ele que
vá sair atrás de alguém ou se masturbe sozinho.- Começaram a tirar as
roupas.

*****************************

- Bill?- Perguntou Simone, enquanto via o filho entrar.

- Mãe!- Correu para os braços da mais baixa.

- O que aconteceu pra você chegar mais cedo e neste estado?- Conduziu o
filho até o sofá, fazendo ele se sentar e a abraçar mais forte enquanto
chorava.

- Eu...- Chorava.

- Alguém te chamou de mulher?

- Não.- "Mas pensou"- Pensou o moreno.

- Te chamaram de gay?

- Não.- " Não diretamente"- pensou.

- Tentaram de bater e te chamaram de hermafrodita?

- NÃO! Pô, mãe, deixa eu tentar falar pelo menos.- Disse, nervoso.

- Sim, sim. Claro.- Ficou calada.

- Eu me apaixonei.

- Oh! Filho! Que lindo. Agora volte pra escola.

- Nossa, se fosse só isso eu não estaria assim.

- Ok, desculpe, continue.

- É por um garoto.

- Bill...e ele?

- Ele gostava de mim até saber que eu era um homem.

- Então ele achava que você era mulher?- Riu um pouco.

- Sim. Mas parece que ele também voltou para casa e estava chateado. Ele disse coisas que eu não gostei.

- Coisa que você não gostou?- Se levantou e arregaçou as mangas.- Mas eu vou lá e meto porrada na cara do vadio.- Disse brava.

- Não, mãe, A gente logo esquece. Ele nem vai querer olhar mais para minha cara.- Puxou a mãe de volta para o sofá.

- Vá descansar um pouco.- Acariciou sua cabeça.

- Não quer que eu volte pra escola?

- Não vou fazer isso com você, querido. Estou vendo que está triste.

- Obrigado, mãe.- Beijou a testa de Simone e subiu para o quarto.

*********************

- Georg, estamos só nós dois.- Disse Gustav sentando num banco e sendo acompanhado pelo amigos.

- Sim. Os dois foram embora por não estarem bem. Espero que isso melhore.

- O Tom ama o Bill. Só que é um choque. Ele achava que era heterossexual, de repente se descobre homossexual.- O menor suspira.

- E do jeito que ele é burro, é capaz do Bill ficar macho e ele ainda
vai estar indeciso.- Os doi se olharam e pensaram por um momento.

- Bill? Macho? Nãooooo.- Disseram ao mesmo tempo.

- Ei, Georg, quer ir uma rapidinha alí atrás?- Gustav apontou para um lugar mais isolado.

- Só se for rápido mesmo.- Levantou-se, pronto para seguir o amigo.

- Então vamos.- Segurou na mão do maior e o guiou até o lugar.

Minutos mais tarde.

- OH! Gustav, não pare agora.- Pedia o maior.

- Eu não vou parar.- Susurrou

- Anda, por favor, vai mais rápido.- Georg implorava.

- Eu estou o mais rápido que posso.

- Mais rápido. Alguém pode chegar aqui e ver a gente.

- Não me apressa, senão não consigo.

- Eu não vou aguentar, mais rápido.- Implorava.

- Não apressa.

- Porra, Gustav, joga logo essa carta. Se a diretora pegar a gente, matando aula, nós estamos mortos

- Eu não consigo pensar direito com você me apressando.- Gustav estava ficando vermelho de tanto pensar.

- Joga qualquer uma.

- AH! Tá bom.- Jogou a primeiro que lhe apareceu.

- HAHA.- Georg ria vitorioso.- Ganhei.

- Eu disse que se você me apressasse eu iria perder.- Bufou.

- Hehe. Agora vamos embora. A diretora vai olhar em volta da escola,
daqui a pouco.- Pegaram o baralho e se mandaram para o vestuário
masculino.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melanie Kaulitz
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 760
Idade : 23
Localização : Portugal
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Depende dos dias
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Dom Nov 01, 2009 3:57 am

Meu Deus, o Tom que deixe de ser burro e vá ter com o Bill --'
Os pais do Tom são mesmo... ahahahah, eu nem sei. Fartei-me de rir. Quem dera a mim ter pais assim XD
Tadinho do Bill Mad
Tá mesmo mal ><
Eu vou matar aquele Tom Ò.ó
OMG! A mãe do Bill parece ser mesmo tapadinha. Oh my god! X'D
O que eu comecei a pensar que os G's iam fazer... uu'
Mas depois a meio pensei assim: Não! Eles não podem estar a fazer aquilo, seria estranho demais fazerem assim do nada XD
Quero mais fic please! *-*
Bjo. <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://o-diario-dos-disparates.blogs.sapo.pt
Tania
Curios@
Curios@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 40
Idade : 24
Localização : Humanoid city ;)
Emprego/lazer : estudante
Humor : irónica
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 07/09/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Dom Nov 01, 2009 10:16 pm

sim Tom tu amas o Billy... é melhor nem negares!!!
bem s pais do tomi sao mesmo ... diferentes... ao menos nao sao burros como o filho... sem ofensa Tom, (quer diser é mesmo pa ofender, viste o que fizeste ao Bill?? )
ok pensei que o gustav e o georg tavam a fazer outo tipo de 'coisa'...

MAGNIFIC

continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
racquel
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 421
Idade : 23
Localização : No quarto do Tom xD Me procura lá que vc acha xD
Emprego/lazer : só estudo num faço mais nada inda bem *O*
Humor : bom...sou calma, até alguem chegar e me irritar ù.ú
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 27/06/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Ter Nov 03, 2009 12:32 am

O dia passou devagar para os G's que ficaram
horas e horas tendo aula de português para que, finalmente, depois de
mais alguns minutos, o sinal toca, fazendo todos os alunos saírem
correndo e irem direto para suas casas.


- Georg? Georg?-
Gustav sacudia o amigo ao seu lado.- Dormiu a aula inteira.- Suspirou.-
Não tem jeito.- Se abaixou um pouco, ficando na altura do amigo. Chegou
perto de sua orelha.- Está na hora de acordar, Belo Enchapinhado.-
Disse com uma voz bem sedutora e, logo depois, mordeu o lóbulo de sua
orelha.


- AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!-
Levantou, colocou as mãos na mesa pra se apoiar e a cabeça estava
virada para trás. Logo em seguida, voltou seu olhar para o mais baixo,
mostrando o quanto vermelho estava.- SEU...


- AH! Que lindinho que vicê fica vermelhinho, Ge!.- Ria do amigo.


-
Seu desgraçado, anão de jardim tarado, queria abusar sexualmente de mim
enquanto eu estava dormindo. Mas não conseguiu.- Disse bravo.


-
Hum, tem certeza que não consegui?- Viu os olhos do amigo se
arregalar.- Você não deve ter sentido nada, eu fui cuidadoso.- Piscou,
enquanto ia saindo para fora.


- Gustav...- Disse choroso,
enquanto seguia o amigo.- Você não...não abuso de mim, não é?- Passava
a mãos pelo seu corpo para, logo depois, sentar numa cadeira que tinha
pelo caminho. Sentou com força.- Hum, eu estou conseguindo sentar
normalmente, não dói nada.- Viu o amigo gargalhar enquanto saía.- Ahhh,
maldito. Você mentiu pra mim.- Saiu correndo atrás do mais baixo.


-
Então, Gustav.- Georg falou, depois de ter falado na orelha dele sobre
não fazer mais aquilo.- O que a gente faz em relação ao Bill e o Tom?


- Você não acha que a gente já "ajudou" demais?- Ia caminhando com o amigo para a casa.


- Bom, mas dessa vez, ajudar mesmo.- Georg parou eolhou o amigo.


- Mas o Tom é muito burro, e eu perco a paciencia fácil.- Disse Gustav.


- Então controlesse, a homossexualidade dele depende disso.


- Ele não vai se aceitar homossexual.


- Vai sim. Se ele namorar o Bill, ninguém desconfia.


- Malvado.


- Realista.


- Tá bom, tá bom. Vamo logo.- Foram correndo até a casa de Tom.

*****************

- Éricka, vá ver quem é.- Gritou Gordon, enquanto assistia televisão.

- Claro.- Correu até a porta.- Georg? Gustav? Oi.- Deixou os amigos entrarem.- Vieram falar com Tom?

- Sim. Ele está, não é?- Disse o menor.

- Sim. Se vocês pudessem ajudar...ele está tão pra baixo.- Disse, meio triste.

-
Viemos aqui para isso.- Georg sorriu.- Vamos lá falar com ele.- Pegou
na mão de Gustav e subiu em direção ao quarto do mais novo.

- Tom?- Gustav bateu com força.- Abre a porta.

- Vão embora!

- Mas é sobre o Bill.- Respondeu, Georg.

- Não quero saber de nada que venha dele!- Respondeu do outro lado da porta.

- Quer sim!.- Disse Georg.

- Não quero!

- Quer!

- Não quero!

- Quer!

- Não quero!

- Tá bom, não quer!

- Mas é claro que quero! Quer dizer...não quero...

-
Deixa de viadagem e abre essa porta, Tom.- Disse Gustav, com raiva.
Ouviu passos vindo em sua direção e logo a porta se abriu. Empurrou Tom
para dentro e puxou Georg. Logo depois trancou a porta.- O negócio é o
seguinte, Tom.- Viu o loiro e Georg se sentarem na cama para prestar
atenção.- Você ama o andrógeno lá, isso não temos dúvida. Deixa de ser
burro, se é que é possível, e vai atrás do Bill e façam...façam o que
quiserem, mas façam.- Tom suspirou.

- Não é bem assim, Gustav.-
Disse Tom, triste.- Eu sempre gostei de mulher. Graças à ele eu estou
assim. Não sei mais o que é certo e errado. Tudo culpa daquele maldito.

Os G's se olharam. Prestaram atenção na cama do loiro e viram que estava cheia de revistas da playboy.

- Olhando as revistas?- Disse Georg, pegando uma.

-
Tentando. Por causa do Bill, não sinto mais vontade de ver mulheres
nessas mini-roupinhas. Toda vez que olho, imagino o Bill vestindo-as.-
Colocou as mãos na cabeça.

- Corre atrás dele, Tom.- Pediu, quase implorando, para que o menor fizesse isso.

- Deixa que eu falo com ele, Gust.

- Tá bom, né. Burro com burro se entende.- Os dois ignoraram o comentário.

- Por que não vai atrás dele?

- É difícil, Ge, é difícil.

- Por quê?

- Por que ela é um homem.- Suspirou.

- Mas ainda tem um buraco.

Tom fica pensativo.

" Por favor, se o Tom for atrás do Bill só por isso...ele realmente não pensa com a "cabeça certa" "- Pensou Gust.

- Mas, mesmo assim...- Foi interrompido.

- O corpo dele é feminno.

- Mas, mesmo assim...

- Tudo nele parece de mulher...

- Mas...

- Todo mundo acharia que você são um casal heterossexual.

- Realmente.

-
Tom, você está tendo uma chance de ficar com quem realmente gosta, ao
invés de ficar com uma por noite que mal vai lembrar da tua cara. Ele
se preocupado contigo. Bill ficou muito abalado, achou que poderiam
ficar juntos, apesar de tudo.- Georg estava sendo sincero.

-
Pensa que lindo o amor de vocês.- Georg fechou os olhos para dizer
essas palavras.- Vocês seriam felizes, correriam para tudo quanto é
canto, pulariam de lá pra cá, beijinhos para todos os lados e...

- Georg, chega!- Disse Gustav.

- E seriam vistos normalmente e...

- Chega!

- Juntos pra todo o sempre e...

- CHEGA!- Gritou Gust, fazendo o amigo pular da cama.

- Ain, saco, que foi?

- Ele já foi, não percebeu?- Sorriu. Georg olhou para o lado e viu que o menor não estava mais lá.

- Eu disse que ele iria me ouvir.- Sorriu.

- Ou pode ser que ele tenha fugido para não precisar ficar escutando você.

- Deixa de ser chato.- Riram juntos.- Bom, vamos embora.

Sairam do quarto e se despediram dos pais de Tom.

- Quer dormir lá em casa?- Perguntou o mais baixo.

- Claro. Vamos fazer várias rapidinhas?

- Concerteza!

**************************************************

- Sr. Diretor.- Tom estava ofegante por ter corrido até o colégio.- Pode...pode me passar o endereço do Bill...

- Qual Bill, Tom?

- Bom, eu não sei o sobrenome, mas ele está na mesma sala que eu, 3° ano "A".- Disse ainda ofegante.

- Hum...- Procurou nuns papéis e achou o endereço.- Bill Kaulitz...mas pra que quer o endereço?- Tom pensou um pouco.

- Para...para trabalho. Combinamos de fazer juntos, mas não me lembro seu endereço.

- Hum, ok.- O senhor de idade anotou o endereço em um papél e entregou para Tom.

-
Muito obrigado.- Saiu correndo e continuou assim até chegar em uma casa
de dois andares. Viu que a plaquinha de fora tinha o nome "Kaulitz",
tocou a campainha. Viu uma mulher, muito parecida com Bill, só que
loura, abrir a porta.

- O que deseja?- Perguntou, sorrindo. Tinha os mesmo dentinhos da frente tortos, que nem de seu amado.

- O Bill está?- Perguntou receoso.

- Está sim. Você é amigo dele?

- Sim.- Sorriu.

- Entre, por favor.- Deu passagem para o mais alto entrar.- Ele está realmente precisando de um amigo.

- Por quê?- Voltou sua atenção, que antes estava na casa, para a mulher.

- Ele está muito triste, solitário.

- E a senhora sabe o por quê?

-
Ele me disse algo como ter se apaixonado, mas que a pessoa não o
correspondia.- Suspirou.- O garoto de quem ele gosta pensou que ele
fosse uma menina.- Riu um pouco.- Isso sempre acontece.

- E a senhora não vê problema nenhum em seu filho ser homossexual?- Ergueu uma sobrancelha.

-
De maneira nenhuma, nunca. Só quero ver o lindo sorriso dele todos os
dias, não importa com quem ele esteja.- Sorriu. Essas palavras deram
mais forças para Tom subir lá no quarto do moreno.

- Posso subir?

- Claro. Segunda porta à esquerda, tem o nome dele na frente.- Sorriu mais uma vez, voltando logo em seguida para a cozinha.

Tom subiu correndo e parou na frente da porta de Bill. Bateu duas vezes.

-
Pode entrar, mãe.- Gritou o moreno, de dentro do quarto. Tom não falou
nada.- Entra.- Repetiu. O louro continuou calado. Ouviu passos chegando
perto da porta.- Só para me fazer levantar.- Ouviu a porta ser
destrancada.- O que quer, mã...- Não terminou de falar e sentiu um
empurrão, fazendo-o cair no chão.

- TOM?- Gritou ao olhar para
cima e ver o louro trancando novamente sua porta.- O que quer?- Disse
com um pouco de raiva. - Não temos nada para conversar.

- Aí que você se engana.- Ajoelhou-se na frente do mais novo.- Temos muito para conversar.- Pegou seu rosto com sua mão.



continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melanie Kaulitz
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 760
Idade : 23
Localização : Portugal
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Depende dos dias
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Ter Nov 03, 2009 1:07 am

AHHHHHHHHH! O Tom finalmente acordou para a vida *-*
Quero mais rapidinho please ><
Eu morro se tu me fazes esperar muito ».«
Pleaseeeeeeeeeeeee *Melanie implora de joelhos* mais ;_;
QUERO MAIS *------------------------*
Bjo. <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://o-diario-dos-disparates.blogs.sapo.pt
Lady S.
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 426
Idade : 29
Localização : Natal - RN
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Sarcástico. Me adicionem no MSN, eu não mordo .-.
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 30/11/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Ter Nov 03, 2009 10:43 pm

OMG! Que lindooo!!!
Gente, o Tom se ajoelha *-------------------*
Infarteiiiiiiiiiiiii!!
Gente, eu amei esse capítulo, sério! Quero mais!! E RÁPIDO!!
Hoje táá?? *--*

adrt KISSUS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sofi-diary.blogs.sapo.pt/
.
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qua Nov 04, 2009 3:08 am

Continua.. por favor! Eu adoro esta fic, e fico tão feliz quando você posta *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
racquel
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 421
Idade : 23
Localização : No quarto do Tom xD Me procura lá que vc acha xD
Emprego/lazer : só estudo num faço mais nada inda bem *O*
Humor : bom...sou calma, até alguem chegar e me irritar ù.ú
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 27/06/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qua Nov 04, 2009 11:58 pm

- Conversar? Pra quê? Pra me jogar na cara de
novo tudo o que você disse? Não, obrigado.- Tirou a mão de seu rosto e
levantou-se.

- Não é nada disso, será...

- Nem queira me dizer nada.- Virou as costas para o louro e foi em direção à janela.

- Pelo menos...

- Tá perdendo seu tempo aqui.- Disse, olhando a paisagem de fora.

- Mas eu só...

- Não queira mais me humilhar.

-
PORRA, SERÁ QUE VOCÊ VAI ME DEIXAR FALAR?- Se irritou. Andou até Bill e
o virou com força, fazendo seus corpos ficarem colados.

- Di...diga.- Bill se assustou, enquanto tinha as mãos de Tom em seus ombros.

- Ótimo.- Suspirou.- Não é nada disso que você está pensando.- Olhou-o carinhoso. Bill arregalou os olhos.

- O que está querendo dizer?

-
Que eu...bom, eu...eu te...ah! merda! Nunca disse isso.- Soltou os
ombros de Bill e segurou em sua nuca.- Que eu...- Beijou-o. No começo,
Bill estranhou, mas logo correspondeu.- Entendeu?- Perguntou, enquanto
quebrava o beijo.

- Que você me ama?- Perguntou, com medo.

-
Isso, isso mesmo.- Sorriu.- HAHAHAH, EU TE AMO! Caralho, é isso mesmo.
Como soube?- Perguntou, feliz.- Bill riu da infantilidade do outro.

- Eu achei que ia demorar mais tempo pra você perceber.- Deu um selinho rápido em seus lábios.- Eu sinto o mesmo.- Sorriu.

-
Me faça acostumar com isso, por favor.- Chegava a quase implorar.- Isso
nunca me aconteceu, ainda mais com um homem.- Abriu os olhos.- Se bem
que você não chega a...aiiii.- Recebeu um tapa de leve.

- Não se
atreva a terminar essa frase.- Brincou. Sentiu umas mãos subindo e
descendo, das suas costas até a sua cintura, o fazendo se sentir bem.-
Hum...o que está fazendo?- Perguntou, vendo que o outro estava de olhos
fechados.

- Tentando me acostumar.- Sorriu. Abriu os olhos e viu
a face corada do outro.- Você é lindo...- Viu-o corar mais. Colocou uma
de suas mãos dentro da curta camisa do outro.

- Ahh! O que...

-
Estou apenas tentando me acostumar.- Sorriu, malicioso.- Suas curvas
são femininas.- Colocou as duas mãos embaixo da camisa de Bill, na sua
cintura.

- Venha aqui.- Bill falou, enquanto tirava suas mãos de
si. Sentou na cama em posição de índio, logo depois pedindo para o
outro fazer o mesmo. Tom foi e sentou do mesmo jeito, na sua frente.

- O que tem em mente?- Mordeu o piercing.

-
Fazer você se acostumar, só que devagar.- Segurou as mãos do outro e
aproximaram os corpos.- Devagarinho assim...- Passou seu nariz pelo o
rosto do outro, sentindo seu perfume.

- Ahh! Bill...- Pegou seu queixo e o beijou com toda a vontade que tinha.

- Eu não me canso desse seu piercing.- Mordeu o lábio inferior do louro.

- Que coincidência! Pois eu não me canso do seu.- Mordeu de leve sua língua.

- Você quer fazer isso?- Perguntou um pouco receoso. ( clichezinho básico, mas tem que ter neh =S )

- Com você, sim!- Beijou seu rosto.

- Vai ser diferente do que fazer com alguma mulher.- Bill segurou suas mãos.

- Eu sei. Vai ser diferente, porque...- Aproximou-se do ouvido do outro.- Porque você eu amo, concerteza vai ser diferente.

- Não fala assim.- Emociounou-se.

- Hey! Não chora não.- Limpou a lágrima que caia.

- Ninguém nunca me disse isso.- Beijou sua mãos.

-
Vamos esquecer as palavras um pouco.- Tirou a pequena camisa que Bill
vestia. Passou a mãos por seu peito liso.- Há! No começo eu achei que
você tinha uma doença.- Riu, fazendo o outro rir também.- Como eu era
burro.

- Cof, cof! Correção...você é burro.- Recebeu um falso olhar de indignado do outro.

- Sou, é?

- É!

- Vou te mostrar como o burro aqui pensa.- Jogou-o na cama, ficando em cima deste, com uma perna em cada lado de sua cintura.

-
Pensa, é? Só se for com outra cabeça...- Tom corou. Ignorou o outro e o
beijou.- Hum, Tom...- Sentiu os beijos descerem.- Ahhhh!- Gritou um
pouco alto ao sentir o Tom mordendo seu mamílo.

- Hum, é mais legal que seios.- Beliscou o outro com a mão. Parou quando sentiu estes ficarem duros. Bill ofegava um pouco.

- Te deixei assim só com isso?- Riu.

- Fica quieto.- Corou. Sentiu as mãos do outro lhe abrirem as calças.- Tom, não precisa fazer isso, senão quiser.

-
Eu quero ver você, do jeito que é.- Puxou suas calças e a jogou em
algum lugar juntamente com a cueca. Viu o membro do outro e pode ver o
quanto sua face estava vermelha.- Eu achei que ia ser difícil.- Sorriu
malicioso.- Mas não foi.- Viu Bill tapar sua parte íntima.

- Você não...não vai querer fazer isso! Você não se acostumou ainda.- Virou o rosto de lado.

-
Acabei de dizer que me acostumei! E sim, eu quero fazer isso com você.-
Tentou tirar a mão do moreno.- Bill, pára com isso e deixar eu ver.

- Não, é melhor não.

- Tira a mão.- Fazia mais força.

- Tomi!

- Tira!- Ordenou.

- É que eu....nunca fui...entende...chupado.- Corou violentamente.

-
Se você nunca foi chupado, então...você nunca...você é virgem?- Viu
este acenar positivamente com a cabeça.- OH! MEU! PAU! Que alegria sabe
disso. Que bom que você confia em mim.- Beijou-o rápido.- Agora, prove
que confia e me deixar fazer isso.- Viu Bill retirar sua mão.

- Ahhhhhhhhhhhhhhh!- Gemeu ao sentir sua glânde ser beijada delicadamente.- Tomi...

-
Isso é bom, não é?- Riu. Chupou apenas um vez o pênis do moreno, para
sentir como seria.- Não é ruim fazer isso.- Abocanhou de vez, fazendo
Bill gemer alto.- Ahhhhhhhhh! OH! Tomiiiii!!- Estava levando Bill ao
delírio ( quem nao ficaria assim neh xD )-
Assim eu vou...ah! tira a boca. Assim eu vou dentro da...AHHHHHH!-
Gozou dentro da boca de Tom. Viu este engolir um pouco.- Eu disse...pra
tirar a boca. Está sentindo nojo?- Perguntou receoso.

- Eu? Nojo
de você?- Beijou-o, fazendo sentir o próprio gosto.- Viu como você é
gostoso? Não tem como sentir nojo.- Acariciou seu rosto. Bill viu que o
outro ainda estava vestido. Retirou a grande camisa do louro, logo em
seguida, passando as mãos por seu abdomen. Mordeu o lábio.

-
Você é tão bom.- Desceu a mão até chegar ao zíper de sua calça,
abrindo-a com rapidez. Retirou sua calça, junto com sua cueca, e a
jogou em direção às suas que estavam no chão.- Agora é a minha vez.-
Tom sentiu seu membro ser abocanhado e logo os movimentos começaram.
Tom estava sentado, enquanto Bill estava de quatro para poder chupá-lo.

-AHHHHHHH!
BILL!.- Gritou seu nome.- Você é tão bom nisso...- Acariciou seus
cabelos enquanto jogava sua cabeça para trás.- Eu não...- Não conseguia
falar.- Eu não quero vir dentro...da sua boca.- Bill parou, olhando-o
um pouco assustado. Levantou e ficou de joelhos na sua frente.- Confia
em mim?- Bill corou e acenou positivamente.- Pode escolher como
prefere.- Sorriu.

- Pode...pode ser assim mesmo.- Tom estava
sentado. Bill se posicionou com uma perna em cada lado, roçando
levemente sua entrada com o pênis de Tom.- Eu não
tenho...lubrificante.- Beijou-o.

- Vou ser cuidadoso, então...- Entrou devagar no outro, apenas a cabeça.

-
Ahhhhhhh!- Bil rebolou para facilitar a penetração, fazendo o membro do
outro entrar mais fundo em si.- OHHHHHH!- Gemeu alto quando o pênis
entrou todo em si.

- Calma, você já vai se acostumar.- Tom se
controlava para ficar parado e esperar o outro se acostumar. Sua
vontade era de começar movimentos rápidos agora mesmo. Sem avisar. Bill
começa a se mover, fazendo sair gemidos da boca dos dois.- Isso
é...diferente.- Gemeu.- Tomi!- Movia-se devagar, enlouquecendo o louro.

- Assim você me mata, Bill.- Tentava acompanhar o rítimo do outro, mas ia sempre com um pouco mais de rapidez.

-
TOMMMM!- Gritou ao ir mais rápido e sentir sua próstata ser atingida.-
Aí! Aí mesmo! GOD!- Tom pegou em sua cintura e o fez deitar na cama,
para ele mesmo comandar os movimentos. Dava estocadas cada vez mais
rápido, pois Bill parecia já ter se acostumado.

- Oh! Céus! Você é tão apertadinho, Bill.- Gemeu.

-
Mais rápido, Tom! Mais fundo, por favor.- Tom obedeceu.- AHHHHHHHHHHHH!
TOMIIII!! Eu...eu estou vindo.- Dizia enquanto sentia o outro o
masturbando.

- Espera um pouco, espera por mim! Só mais um pouco.

-
Eu não vou aguentar.- Sentiu mais algumas estocadas e se desmanchou na
mão e na barriga do outro para, logo depois, sentir um líquido
preencher seu interior. Sentiu o corpo do menor cair em cima do seu.

- Isso foi fantástico- Deitou ao seu lado.

- Céus,Tomi! Você é ótimo!- Sorriu. Virou de lado para poder olhá-lo melhor. Este fez o mesmo.- Te amo, sabia?

- Te amo mais, sabia?- Acariciou seu rosto.

-
Bobo!- Riu. Fechou os olhos sentindo aquela maravilhosa sensação.
Sentiu-se ser puxado e abraçado. Colocou a cabeça no peito do mais
velho.

- Durma bem, Billi.- Fechou os olhos.

- Você também, Tomi.

Adormeceram abraçados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melanie Kaulitz
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 760
Idade : 23
Localização : Portugal
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Depende dos dias
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 22/08/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qui Nov 05, 2009 12:29 am

Tão lindo *-*
O quanto eu esperei por esse momento +.+
Eles finalmente fizeram amor *-------*
Tou toda derretida, gosh *.*
Quero mais fic please! *__________________*
Rapidinho *p*
Bjo. <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://o-diario-dos-disparates.blogs.sapo.pt
Biucas
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qui Nov 05, 2009 12:59 am

LINDO!
CONTINUA :]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lady S.
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 426
Idade : 29
Localização : Natal - RN
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Sarcástico. Me adicionem no MSN, eu não mordo .-.
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 30/11/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qui Nov 05, 2009 1:49 am

OMG! QUE LINDOOOO PAKAS!!!!
An Kell, eu amei esse capítulo, ta muito perfeito!!!
Finalmente eles fizeram +--+
Onnnnnnnn continuaaa rápidoooow!!!

Kissus adrt!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sofi-diary.blogs.sapo.pt/
Tania
Curios@
Curios@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 40
Idade : 24
Localização : Humanoid city ;)
Emprego/lazer : estudante
Humor : irónica
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 07/09/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qui Nov 05, 2009 7:50 pm

Finalmente, o idiota declarou-se (sem ofensa tomi)

Capitulo Sexy Hexy...

''Isso, isso mesmo.- Sorriu.- HAHAHAH, EU TE AMO! Caralho, é isso mesmo.
Como soube?- Perguntou, feliz.- Bill riu da infantilidade do outro.''


como será que ele soube... dahhhhh tão tapadinho que és...


''- Eu sei. Vai ser diferente, porque...- Aproximou-se do ouvido do outro.- Porque você eu amo, concerteza vai ser diferente.''

Coisa + linda

continua... pf
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
happy_me
Obscen@
Obscen@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 297
Idade : 25
Localização : Madeira
Humor : (:
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 15/07/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Sab Nov 07, 2009 8:54 pm

õe tanto tempo que não ponho os pés aqui '-- o.o
uuhh!! *___*
adorei! quero mais mais mais e mais (tem muitos 'mais' mas eu sou preguiçosa. é sópara dizer que tinha muitos xD)

POSTA!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Caaaaaah
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Dom Nov 08, 2009 1:51 am

Posta T_T
Voltar ao Topo Ir em baixo
mia.
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Dom Nov 08, 2009 3:40 am

eu também acho que devias postar. (a)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Caaaaaah
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Dom Nov 08, 2009 3:47 am

Viu , a menina até concorda comigo Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Caaaaaah
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qui Nov 12, 2009 5:26 pm

Já lí esse capitulo seqituagezimas vezes , tô perando o proximo até agora '-'
Voltar ao Topo Ir em baixo
racquel
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 421
Idade : 23
Localização : No quarto do Tom xD Me procura lá que vc acha xD
Emprego/lazer : só estudo num faço mais nada inda bem *O*
Humor : bom...sou calma, até alguem chegar e me irritar ù.ú
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 27/06/2009

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qui Nov 12, 2009 8:47 pm

sorry por nao avisar que ia ficar sem postar xD mas eh que eu fikei muito mal, quase fui internada no hospital e páh, eh isso xD mas to me recuperando e posso fizer que posto amanha o cap final e o epilogo virá logo depois =B kiss =**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lady S.
Convertid@
Convertid@
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 426
Idade : 29
Localização : Natal - RN
Emprego/lazer : Estudante
Humor : Sarcástico. Me adicionem no MSN, eu não mordo .-.
Sou : Twincest Fan
Data de inscrição : 30/11/2008

MensagemAssunto: Re: Ela vai ser meu!   Qui Nov 12, 2009 8:52 pm

racquel escreveu:
sorry por nao avisar que ia ficar sem postar xD mas eh que eu fikei muito mal, quase fui internada no hospital e páh, eh isso xD mas to me recuperando e posso fizer que posto amanha o cap final e o epilogo virá logo depois =B kiss =**

OO no HOSPITAL GAIJA????????????????????????????????????
Impossível! O que houve??
Kuss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sofi-diary.blogs.sapo.pt/
 
Ela vai ser meu!
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
TH-twincest :: Fan-made :: Fanfiction-
Ir para: